cansaço pós-treino cansaço pós-treino

Cansaço pós-treino: quando ele é além do normal?

3 minutos para ler

A prática constante de exercícios físicos é recomendada por unanimidade pelos profissionais de saúde em todo o mundo, uma vez que traz inúmeros benefícios para o organismo e ajuda a ter um corpo mais sadio. No entanto, é preciso ficar atento quanto aos excessos e, por isso, você deve avaliar quando o cansaço pós-treino é além do normal.

Eventualmente, na ânsia de emagrecer, ganhar mais massa muscular ou simplesmente pelo prazer de realizar uma atividade prazerosa, podemos perder um pouco a noção da intensidade, da periodicidade ou falharmos no período de descanso. Continue lendo e aprenda mais sobre o assunto!

Afinal, o que acontece depois do treino?

Depois de uma sessão de exercícios, é perfeitamente natural que a pessoa fique cansada. No entanto, deve haver um controle do programa de atividades físicas, de forma que o praticante não ultrapasse os seus limites. Por isso, o acompanhamento profissional é muito importante, sobretudo de um educador físico qualificado. 

Ele tem a capacitação e o conhecimento para elaborar uma periodização adequada, dividindo os grupos musculares, respeitando o descanso e estimulando um bom horário de sono, de forma a evitar a fadiga excessiva. Os próprios músculos necessitam disso, pois é no descanso que eles começam a se reconstruir, ainda mais fortes.

Quando o cansaço pós-treino está além do normal?

O cansaço pós-treino pode ser considerado além do normal em diversos momentos. Também chamado de overtraining ou síndrome do sobretreinamento, é uma situação que ocorre quando as atividades físicas são realizadas de forma inadequada e excessiva, sem respeitar o planejamento em relação ao volume, à intensidade e às pausas de recuperação.

O resultado disso pode ser a diminuição do rendimento, acompanhada de sintomas físicos, fisiológicos e até mesmo psicológicos. Vale lembrar que uma dieta inadequada, quando associada aos fatores citados, pode colaborar de forma significativa para que um indivíduo entre nesse tão indesejável e pouco produtivo estado.

O que fazer para diminuir o cansaço exagerado?

Na realidade, a realização constante de exercícios físicos deve aumentar os seus níveis de energia e não os reduzir. Por isso, uma das dicas mais evidentes para diminuir o cansaço exagerado é aumentar o seu conhecimento do assunto e buscar ajuda profissional, para que seja mais simples e eficaz a periodização das atividades.

Além disso, é muito importante respeitar o período de descanso e dormir aproximadamente 8 horas por dia. A hidratação é outro ponto fundamental para repor os líquidos perdidos, bem como o uso de roupas e calçados apropriados para a prática de sua preferência. Por fim, a suplementação também pode ajudar, oferecendo níveis adequados de nutrientes.

Agora você já sabe como evitar e o que fazer se a fadiga surgir. Não se esqueça de que, antes de iniciar a prática de qualquer atividade física, é imprescindível buscar por um bom acompanhamento médico, inclusive para avaliar sua alimentação, que é um dos fatores que podem estar ligados ao cansaço pós-treino.

Gostou de aprender mais sobre o cansaço pós-treino? Então, compartilhe este conteúdo em suas redes sociais e informe seus amigos!

Posts relacionados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.